segunda-feira, 13 de março de 2017

BRASILEIRO PASSA MAL E MORRE EM PRESÍDIO NOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA.

O carpinteiro Rubens Ferreira Gonçalves, de 29 anos, morreu na última sexta-feira (10) em um hospital de Hartford, em Connecticut, nos Estados Unidos da América. Segundo a família, que mora em Anápolis, a 55 km de Goiânia, ele sofreu um aneurisma na penitenciária que estava, foi socorrido, mas teve morte cerebral. O brasileiro estava detido porque se envolveu em um acidente de carro e não tinha documentos.
“A família está toda abalada, a gente fica de mãos atadas. Ele era um rapaz muito alegre, extrovertido, não tinha nenhuma demonstração que tinha doença, era sadio e, de repente, acontece isso, é triste, a gente está desesperado. Ninguém merece passar pelo que estamos passando”, lamentou ao G1 a técnica em enfermagem Marta Ferreira da Silva Gomes, de 40 anos, tia do rapaz.
Rubens nasceu no Distrito Federal, mas morava em Anápolis desde bebê. Em setembro de 2007, o jovem se mudou para os Estados Unidos. “Ele tinha o sonho de crescer na vida, de dar melhores condições financeiras para a família”, relatou a tia.
Antes de ser preso, o carpinteiro morava com um amigo em Stamford. De acordo com a família, ele teve todos os documentos roubados, inclusive, a carteira de motorista que tinha tirado nos EUA.
G I - Goiás.

Nenhum comentário: