sexta-feira, 3 de março de 2017

MOSSORÓ REGISTRA MAIS UM CRIME DE HOMICÍDIO O 38º DE 2017.

Local do Crime
Por volta das 23h20min, de quinta feira, 02 de março de 2017, a Central de Operações da Policia Militar registrou mais um crime de homicídio provocado por disparos de arma de fogo.

À ação criminosa se deu no interior de uma residência, situada na Rua Dolores do Carmo Rebouças no Bairro Aeroporto, comunidade do “Macarrão” em Mossoró, no RN, onde foi vitima de dois tiros, sendo um no olho esquerdo e outro na região do tórax, FRANCISCO CANINDÉ DA SILVA, de 44 anos de idade.
De acordo com informações colhidas no local por nossa reportagem, dão conta de que CANINDÉ tinha uma relação conturbada com a família, pois o mesmo era usuário de bebida e drogas, tinha expulsado até a própria mãe da casa onde morava.

Ainda fomos informados pela polícia, que CANINDÉ possivelmente estivesse bebendo com alguém, pois no local do crime, foi encontrado uma latinha de cachaça e uma marica. 

Possivelmente houve um desentendimento com o parceiro de bebida ou alguém chegou assassinou ele sem chance de defesa, acredita a polícia.

Dr. Valtair e a equipe dele de plantão, estiveram no local colhendo informações a respeito do crime, que serão repassadas ao delegado Rafael Arraes da Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa de Mossoró, para dar continuidade as investigação futuras, para esclarecer o crime e o autor. 
Otávio Domingos - Perito do ITEP/Mossoró
Policiais militares da Rádio Patrulha 235, sob o comando do Sargento Ediglê, isolaram o local do crime e deram apoio a equipe do Instituto Técnico e Cientifico de Pericia, coordenada pelo perito criminal Otávio Domingos, nos procedimentos de perícia e remoção do cadáver para a sede do órgão, para ser examinado pelo médico legista de plantão.
Equipe do ITEP removendo o corpo

Nenhum comentário: