sexta-feira, 24 de março de 2017

MOSSORÓ/RN. => DOIS ENVOLVIDOS NA CHACINA DO BAILE FANK DA BOA VISTA FORAM IDENTIFICADOS E PRESOS PELA DHPP.

Delegado Rafael Arraes e Denys carvalho
Em coletiva realizada na tarde desta sexta feira, 24 de março de 2017, na sede da “DHPP” Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa de Mossoró, o Delegado de Policia Civil Denys Carvalho da 2º Delegacia Regional de Policia e Rafael Arraes da DHPP, apresentaram a imprensa que cobre a área policial de Mossoró, dois acusados de terem participado da chacina em um Baile Fank denominado de Festa de Favela, que estava sendo realizado na Rua Hermano Mota no bairro Boa Vista na cidade de Mossoró o RN,n onde foram assassinadas a tiros cinco pessoas.
Felipe me Josenilson na DHPP/Mossoró
De acordo com informações do delegado Rafael Arraes, em um prazo de 13 dias ele e a equipe, conseguiram identificar três envolvidos na chacina.

Dois foram presos. FRANCISCO JOSENILSON SILVA E FELIPE MARTINS DOS SANTOS, sendo que o terceiro envolvido, a policia já tem a identificação. Ainda de acordo com o delegado, ele pode ser preso a qualquer momento. A policia ainda esta investigando a participação de mais dois indivíduos.  Todos eles pertencentes à facção criminosa do sindicado do crime.
Os dois acusados sendo levado para o Sistema Prisional da cidade.
O delegado Rafael Arraes, disse na coletiva que a motivação da chacina, era uma briga de facções, membros do sindicato do crime que foram ao baile Fank matar um rival de nome EDUARDO NUNES FARIAS, da facção do PCC. Os outros mortos na chacina foram balas perdidas, de acordo com depoimento dos dois acusados presos.

JOSENILSON, já estava preso. Ele caiu em uma operação da “DHPP/DIVIPOE/DEFUR”, na tarde de quarta feira, 22 de março do corrente ano, na Rua Francisco Ferreira Lopes no Bairro Santo Antônio em Mossoró, com droga e um revolver.

FELIPE foi preso pelos agentes da DHPP na manhã de sexta feira, 24 de março do ano em curso, na Rua Pedro Velho no Bairro Santo Antônio em Mossoró, em uma  casa alugada para guardar equipamentos. Lá os agentes de policia civil, encontraram armas de fogo, coletes balísticos e farda da policia civil.

O delegado agradeceu o empenho dos policiais da Divisão de Homicídio de Mossoró, como também a colaboração de agentes de outras distritais de policia civil, a população através de denuncias,  e a agilidade do judiciário na expedição dos mandados de prisão preventiva dos envolvidos.

Após a apresentação dos acusados a imprensa, JOSENILSON e FELIPE foram conduzidos ao Instituto Técnico e Cientifico de Pericia, onde foram realizados exames de corpo delito, em seguida encaminhados ao sistema prisional da cidade, onde ficarão presos aguardando a decisão judicial.

Nenhum comentário: