domingo, 28 de maio de 2017

VIOLÊNCIA SEM FIM. UM MORTO A TIROS E OUTRO FERIDO NO BAIRRO BELO HORIZONTE EM MOSSORÓ NO RN.

Local da ocorrência
Logo ao inicio da tarde deste domingo, 28 de maio de 2017, a Central de Operações da Policia Militar e do SAMU foram acionadas para uma ocorrência de disparos de arma de fogo. 

As informações diziam que em uma residência situada na Rua Dom Helder Câmara no Bairro Belo Horizonte, duas pessoas haviam sido alvejadas a tiros.

Quando as equipe da policia e do SAMU chegaram ao local, encontraram uma das vítimas em estado de óbito, dentro de um quarto da casa. A outra pessoa já havia sido socorrida para a “U.P.A.” Unidade de Pronto Atendimento do Alto de São Manoel, onde recebeu os primeiros atendimentos, e em seguida transferido para o Hospital Regional Tarcísio Vasconcelos Maia.
JOÃO EDSON DO NASCIMENTO CAMPOS, 21 anos, que foi socorrido para o Tarcísio Maia, é filho da dona da casa. O morto dentro da casa do amigo, DELUCIANO DUARTE BEZERRA, 32 anos, morava na Rua Jerônimo Bezerra, e já tinha passagem pelo sistema prisional por infringir o artigo 33 da lei 11.343/06,  trafico de drogas.
 
Deluciano/morto no Local
De acordo com informações repassadas a policia, os atiradores surpreenderam os dois pela parte de trás da casa. Os dois correram para dentro da casa, mais DELUCIANO tombou dentro do quarto, vindo a óbito. 
JOÃO EDSON/Socorrido baleado
Os militares da Força Tática deram apoio à equipe do SAMU na transferência do baleado para “U.P.A. e  para o “HRTM”. Já a Rádio Patrulha 234, composta pelo Cabo. Ocimar e o Soldado Santos Neto, com apoio do “GTO 01“ com o comando do Sargento Lima e os Cabos, P. Silva, Silva Jr e o Soldado Elton, realizaram patrulhamento na região no intuído de prender os criminosos, mas sem êxito. Ao  retornarem a residência onde aconteceu o crime, localizaram embaixo de um pé de pinha, 01 sacola plástica com drogas, além de um jarro com uma muda de maconha. 
Pé de Pinha no muro da casa  
Maconha encontra em baixo do pé
Muda de maconha encontra no muro
O local isolado pelos policiais militares, os procedimentos de perícia para  remoção do corpo, foi realizado pela equipe do ITEP. As investigações ficaram a cargo da equipe do Delegado Rafael Arraes da Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoas de Mossoró, para esclarecer o crime e seus autores. 
Perfuração de bala no portão de dentro para fora.

Nenhum comentário: