sábado, 6 de maio de 2017

VEINHO É PRESO ACUSADO DE TER FURTADO DOIS BODES.

O saudoso Luiz Gonzaga contava uma música que começava assim:

Vida boa vida alegre, minha vida é um pagode, me criei comendo cabra, vou morrer roubando bode.

Isso é a letra da música com essa doze de humorismo, bem diferente ao que aconteceu na zona rural de São Rafael, onde um  senhor de nome Emanuel Dantas de Souza, vulgo Veinho, furtou dois bodes de um agricultor residente no Sítio Nova Esperança, na zona rural de São Rafael.

Depois de furtar os bodes, Veinho os levou até o abatedouro público da cidade, e lá os vendeu para o abate, segundo a polícia.

O dono dos bodes ao sentir falta durante a contagem, pediu ao amigo agricultor para ir até o abatedouro para ver se os bodes teriam sido vendidos lá, no que foi comprovado. Os animais já estavam prontos para o abate.

A pessoa que comprou os bodes disse a polícia a quem tinha comprado. A polícia foi até a casa de Veinho, e lá ele teria confessado a prática do furto. 

Ele disse a polícia que não percebeu a marca das ferraduras nos animais, e pensou que era os dele.

Emanuel foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade, onde os procedimentos cabíveis foram adotados pela autoridade policial.

Foto - Whatsapp.
Redação - Ferreira Monte.

Nenhum comentário: