quinta-feira, 15 de junho de 2017

POLICIAL MILITAR É MORTO EM CONFRONTO COM BANDIDOS EM AREIA BRANCA E BANDIDOS MORTOS EM CONFRONTO COM A POLÍCIA EM MOSSORÓ NO RN.

Policial Carlos Eduardo, morto em confronto com bandidos na cidade de Areia Branca no RN.
Início de noite de quarta feira 14 de junho de 2.017 sangrenta na cidade portuária de Areia Branca, região salineira do estado do Rio Grande do Norte, com um policial militar morto a tiros e dois bandidos baleados durante a prática de um assalto a uma Choperia localizada na área central da cidade.

Informações que o policial militar de nome Carlos Eduardo Alves, que residia em Natal, estava de folga e se encontrava no estabelecimento comercial na companhia de amigos e alguns familiares, quando cerca de quatro bandidos armados, chegaram ao referido local e anunciaram o assalto.

Na qualidade de policial, um verdadeiro defensor da sociedade, o Carlos Eduardo não pensou duas vezes, sacou de uma pistola, entrando em confronto armado com os bandidos, deixando dois deles baleados, mas lamentavelmente terminou sendo alvejado vindo a óbito no local.

Adriano Bezerra baleado e preso em Areia Branca. participou do assalto juntamente com um adolescente.
Foto - O Câmera.
Os dois assaltantes baleados, Adriano Bezerra Sátiro, e um adolescente de 17 anos de idade, foram detidos pela polícia de Areia Branca, e conduzidos para o Hospital Regional Tarcísio Maia, onde receberam atendimento no setor de urgência e emergência daquela unidade hospitalar, e depois conduzidos para a Delegacia de Plantão em Mossoró, onde foram adotados os procedimentos cabíveis de acordo com a lei.


Os dois mortos em confronto com a polícia em Mossoró.



Dois dos bandidos, o Afonso Rafael da Silva, e Anderson Silva Bezerra, ambos residente em Mossoró, na Favela do Velho no bairro Dom Jaime Câmara, conseguiram fugir utilizando um veículo tipo Fiat de cor vermelha com destino a Mossoró, onde estariam escondidos na referida favela.

Policiais lotados no 12 Batalhão, com sede em Mossoró, ao tomarem conhecimento do paradeiro dos dois meliantes, se dirigiram ao local, durante a madrugada desta quinta feira, (15) onde se depararam com os dois assaltantes em um beco da favela.

Ao avistarem as viaturas da polícia, os elementos abriram fogo contra os policiais, que revidaram alvejando os dois que foram socorridos pela própria polícia para o Tarcísio Maia, mas não resistiram a gravidade dos ferimentos, e faleceram ao darem entrada naquela unidade hospitalar.

Material apreendido com os elementos que foram mortos em Mossoró em confronto armado com a polícia.
Fiat utilizando pelos assaltantes apreendido pela polícia em Mossoró.
Com os bandidos, a polícia encontrou além do veículo utilizado para a fuga, dois revolveres calibre 38, munições, celular, e a pistola do policial tomada durante a prática do assalto. 

Segundo a polícia, Francisco Wênio Santos Rocha, também é acusado de ter participado da ação criminosa. Uma mulher já identificada também teria tido participação no assalto.

A população de Areia Branca lamentou profundamente a morte do policial Carlos Eduardo, e se diz devera mente assustada com a onde de violência na cidade, com registro quase que diariamente de assaltos e assassinatos.

O corpo do policial Carlos Eduardo Alves, foi examinado no Itep pelo médico legista de plantão, e em seguida entregue aos familiares para o sepultamento.

Os corpos dos assaltantes foram removidos da pedra do necrotério do Tarcísio Maia, para a se do Itep, onde também foram examinados e entregue aos familiares.

Dentre as pessoas baleadas duas foram por bala perdida.

Nenhum comentário: