quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

DUZENTOS E VINTE E CINCO CRIMES DE HOMICÍDIO NA CIDADE DE MOSSORÓ NO RN NESTE ANO DE 2.017.

O feriado religiosa de 13 de dezembro de 2.017 dedicado a padroeira de Mossoró, no estado do Rio Grande do Norte, Santa Luzia, começou violento com um registro de duas pessoas mortas a tiros.

A primeira ação criminosa ocorreu durante a madrugada por volta das 02hs. na Rua Teófilo Saraiva no bairro Alameda dos Cajueiros.

A vítima, o ex-presidiário Luan Eduardo Fernandes Galdino, que tinha 23 anos de idade, era conhecido como "Luan do Papôco" respondia pelo artigo 121 do Código Penal Brasileiro, homicídio, foi morto com vários disparos de arma de fogo, no interior da própria residência.

Informações da polícia, que os criminosos pularam o muro da residência do ex-presidiário, arrebentaram a porta do quarto onde ele dormia a tiros, e o executaram. Luan dormia em companhia de familiares, inclusive a mãe dele, e irmãos, que foram poupados pelos assassinos.

A polícia também informou que o ex-presidiário já havia sofrido uma tentativa de homicídio a bala no ano de 2.014.

A Polícia Militar fez o isolamento da área até a chegada de uma equipe do Itep, que fez a perícia no local, e a remoção do corpo para a base para ser examinado pelo médico legista de plantão, para em seguida ser entregue aos familiares para o sepultamento.

A Polícia Civil esteve no local colhendo as primeiras informações a respeito do fato.


Logo as primeiras horas da manhã desta quarta feira, (13)  um jovem foi encontrado morto com marcas de perfurações de projetil de arma de fogo na conhecida Estrada do Óleo, região do populoso bairro Santo Antônio em um lixão.

A Polícia Militar foi acionada através de populares, fez o isolamento da área até a chegada de uma equipe do Itep, que fez a perícia e a remoção do corpo para a base, para ser examinado pelo médico legista de plantão. A Polícia Civil, Delegacia de Plantão, Dr. Roberto Moura, e o agente chefe de investigação Wilson Fernandes, esteve no local colhendo as primeiras informações a respeito do fato.



Nenhum comentário: