quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

POLICIAL CIVIL DA DELEGACIA DE PLANTÃO É ALVEJADO NA PERNA DURANTE OCORRÊNCIA NO BAIRRO MALVINAS NA CIDADE DE MOSSORÓ NO RN.

Logo ao  inicio da manhã desta quinta-feira, 28 de dezembro de 2017, a primeira equipe da Delegacia de Policia Civil de plantão na cidade de Mossoró no RN, recebeu informações que em uma residência situada na rua Cel. José Solon, nas proximidades da Praça do Bairro Malvinas na Zona Leste da cidade estava servindo de ponto de comercialização de drogas.

A equipe se deslocou ao local indicado, onde foi recebida à bala, tendo um  agente de nome César alvejado com um disparo de arma de fogo em uma das pernas.

César foi socorrido pela ambulância do SAMU escoltado por policiais militares até o Hospital Regional Tarcísio Maia, onde recebeu os primeiros atendimentos no setor de urgência e emergência daquela unidade hospitalar.
Foi solicitado apoio da Polícia Militar, para dá sequência a ocorrência. O Sargento Valdemir que estava saído de serviço e o Sargento Reníxon, policiais da Rocam, Cabo Junior e Bruno, RP 1204, Cabo A. Silva e Batista e o Soldado Nascimento, foram ao local, e prenderam três pessoas que estavam na residência, e apreenderam certa quantidade de maconha, aparelhos celular sem a devida nota fiscal, uma  arma de grosso calibre e munições de calibres 38 e 22.
 
O principal suspeito que é foragido da justiça, e responsável pelo material apreendido na residência, como também de ter atirado no agente, já foi identificado, mas conseguiu escapar da ação policial, e está sendo procurado pela polícia.

Os três detidos no local, sendo um homem e duas mulheres foram conduzidos para a Delegacia de Plantão, juntamente com todo material apreendido, onde foram realizados os procedimentos cabíveis e legais na forma da lei.

O homem foi ouvido e liberado. As mulheres Valeska Linhares de Souza, de 20 anos de idade, e Maria Adriana Almeida da Silva, de 26 anos de idade, foram autuadas por infringirem os artigos 33 e 35 da lei 11.343/06, por tráfico de drogas e associação para o tráfico, além do artigo 14 da Lei 10.826/03 do Estatuto do Desarmamento por posse ilegal de arma de fogo, e munições. Depois dos procedimentos, elas foram encaminhadas a ala feminina da Penitenciária Estadual Agrícola Mario Negócio, onde ficaram a disposição da justiça.

Nenhum comentário: