quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

DOIS HOMENS E UMA MULHER MORTOS A TIROS NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ NO RN EM MENOS DE DOZE HORAS.

Katiúcia Lopes da Silva. Morta a tiros no bairro Belo Horizonte.
Edson Cosmo da Silva. Encontrado morto a tiros no Sítio Santana.
Dois homens que haviam sido raptados durante a noite de ontem, terça feira 30 de janeiro de 2.017, na cidade de Mossoró no RN, quando se encontravam em  um estabelecimento comercial tipo bar, denominado Bar de Zé do Buraco, as margens da BR 304 saída para Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte, foram encontrados mortos a tiros.

Os corpos foram encontrados em um matagal por moradores da comunidade de Santana, localizada as margens da BR 110 saída para Upanema na zona rural de Mossoró.

Os sitiantes acionaram a polícia militar, que foi ao local, e constatou a veracidade da informação. Uma das vítima já foi identificada como sendo Edson Cosmo da Silva, que tinha 32 anos de idade,  era motorista de uma empresa que prestava serviço a UERN. O outro corpo foi reconhecido por familiares como sendo o de Dalysson de Souza, que era amigo de Edson Cosmo.

O rapto de acordo com a polícia foi praticado por quatro indivíduos encapuzados que estavam em um carro HB 20.

A Polícia Militar fez o isolamento da área até a chegada de uma equipe do Itep, que fez a perícia e a remoção dos corpos para a base em Mossoró, para serem examinados pelo médico legista de plantão, e em seguida entregues aos familiares para o sepultamento.

A Polícia Civil vai instaurar o inquérito policial para apurar o duplo homicídio.

A  violência não parou por aí. Por volta das 10Hs. uma mulher de nome Katiuscia Lopes da Silva, que também tinha 32 anos de idade, foi morta a tiros em via pública no bairro Belo Horizonte, mais precisamente na Rua Dom Helder.

Informações que Katiúcia caminhava  quando foi surpreendida por dois indivíduos em uma bicicleta que efetuaram vários disparos de arma de fogo nela.

A vítima ainda chegou a correr tentando se livrar da ação criminosa, mas terminou sendo alvejada e tombando sem vida na calçada de um estabelecimento comercial.

A polícia informou que o esposo de Katiúcia foi assassinado no ano passado na comunidade de Jucuri na zona rural de Mossoró.

O município de Mossoró fechando o mês de janeiro que está praticamente terminando, faltando poucas horas, com o triste registro de 22 crimes de homicídio.





Nenhum comentário: