segunda-feira, 2 de abril de 2018

DENARC MOSSORÓ RN PRENDE MULHER COM GRANDE QUANTIDADE DE DROGAS.


Eulália autuada por trafico e posse de arma de fogo
Por volta do meio dia desta segunda-feira, 02 de abril de 2018,  agentes de Policia Civil lotados na Delegacia Especializada em narcóticos “DENARC” de Mossoró, que tem a frente o delegado Antônio Teixeira Junior, prenderam em uma residência localizada na Rua Beni Saldanha – 178 – bairro Alto do Sumaré na cidade de Mossoró no Estado do Rio Grande do Norte, 58k600g de maconha em tabletes, 510g. de Crack, 01 pistola calibre 380 com 02 carregadores e 17 munições do mesmo calibre e prenderam em flagrante delito por tráfico de drogas, a pessoa de Eulália de Souza Silva, de 19 anos de idade, natural da cidade de Santo Antônio/RN.
Delegado Teixeira Júnior apresentando a imprensa toda a droga apreendida.

De acordo com o bacharel Teixeira Junior, a especializada vinha investigando e monitorando, pois recebia várias denuncias que um casal estaria traficando drogas no endereço acima citado.

Na  abordagem, os agentes obtiveram êxito, prendendo a esposa do principal acusado, já identificado pelos policiais, mas que não se encontrava  em casa no momento da abordagem policial.

Eulália, e o material apreendido, foram conduzidos para Denarc, onde ela foi autuado pelo delegado por infringir os artigos 33 da lei 11.343/06,  tráfico de drogas, e o artigo 16 da lei 10.826/03 por posse ilegal de arma de fogo e munições. Ainda de acordo com o delegado, o companheiro dela que já respondeu por trafico, também vai ser autuado por portaria, pois é o principal acusado e responsável pela da droga apreendia.

Após os procedimentos de flagrante, ela foi encaminhada ao ITEP para submeter-se a exame de corpo delito, e em seguida, encaminha a ala feminina da Penitenciária Estadual Agrícola Mário Negócio, onde ficará presa aguardando a decisão da justiça.  

A equipe da DENARC/Mossoró confirma que esta foi a maior apreensão de droga do ano em curso e avalia que a droga apreendida foi um prejuízo de mais de R$ 130.000.00 (cento e trinta mil reais), para o submundo do trafico.

Nenhum comentário: