sexta-feira, 24 de agosto de 2018

MAIS DUAS MULHERES DESTA FEITA MÃE E FILHA SÃO PRESAS ACUSADAS DE ENVOLVIMENTO COM A QUADRILHA QUE MATOU O POLICIAL ILDONIO.

Mais duas mulheres, desta feita mãe e filha, foram presas na zona rural de Caraúbas no estado do Rio Grande do Norte, sob força de mando de prisão, acusadas de serem integrantes da quadrilha que matou a Cabo da Polícia Militar Ildônio no dia 16 de agosto do corrente ano na zona rural de Caraúbas.

A prisão foi efetuada pela Polícia Militar e Polícia Civil de Caraúbas, durante a tarde desta sexta feira, 24 de agosto, no Sítio Brasília.

Foram presas Rosilene Araújo de Oliveira, de 55 anos de idade, e a filha dela, Aysla Melquiédes Oliveira de 23 anos de idade. As duas segunda a polícia, são integrantes da quadrilha que vinha realizando assaltos naquela região, e que assassinou o policial.

A polícia também informou que existia mandados de prisão preventiva contra mãe e filha. As duas foram encaminhadas ao sistema prisional onde ficarão a disposição da justiça.

Já foram presos pela Polícia Militar e Polícia civil acusados de envolvimento na morte do policial segundo a polícia, 11 pessoas, sendo quatro mulheres e sete homens.

Os trabalhos continuam.

Fonte e foto  - Icém Caraúbas.
Redação - Ferreira Monte.

Nenhum comentário: