terça-feira, 25 de setembro de 2018

BACHAREL EM DIREITO QUE FOI PRESO POR AGREDIR A PRÓPRIA MÃE DE 84 ANOS DE IDADE MORRE EM PRESÍDIO NO MARANHÃO.

Bacharel em direito preso por agredir a própria mãe de 84 anos de idade, passa mal em presídio e morre em hospital.

Roberto Elísio Coutinho de Freitas, que era bacharel em direito, e foi flagrado em uma série de vídeos agredindo a própria mãe, uma idosa de 84 anos de idade, morreu na tarde de segunda feira, 24 de setembro de 2.018, no Socorrão 2 em São  Luiz na capital maranhense.

Roberto estava preso em uma cela destinada a internos com curso superior, onde sentiu um mal estar. Ele foi atendido pela equipe de segurança interna prisional, e conduzido para o Hospital Municipal Dr. Clementino Moura, (Socorrão 2) onde faleceu. A Secretaria de Administração Penitenciária não informou a causa morte.

Em maio de 2.017, Roberto Elísio foi preso em uma residência no município de Raposa, região metropolitana de São Luiz, depois que os vídeos que mostram ele agredindo a própria mãe de 84 anos de idade, tomaram as redes sociais. Os vídeos foram gravados pela ex-mulher dele. 

G I - Maranhão.

Nenhum comentário: