sábado, 29 de setembro de 2018

SEM VAGAS NOS CEMITÉRIOS DE SALVADOR FAMÍLIA LUTA HÁ TRÊS DIAS PARA SEPULTAR UM PARENTE.

Sem vagas no momento nos cemitérios públicos de Salvador na BA  família luta há três dias para enterrar um parente. Secretaria ofereceu cremação do corpo e remarcação do sepultamento, mas a família não aceitou.
Uma família de Salvador no estado da Bahia, vem enfrentando dificuldades para enterrar um parente que morreu na quarta feira, 26 de setembro. Inicialmente os parentes de Antônio Cerqueira que tinha 55 anos de idade, foram informados que não há vagas nos cemitérios públicos da cidade, e que a cerimônia só poderia ser feita na segunda feira, 01 de outubro.

Seu Antônio teve um AVC e foi internado no Hospital Santo Antônio. Seis dias depois, ele acabou morrendo. O corpo até este sábado, informações que ainda estava no hospital.

Uma irmã de seu Antônio, dona Ivonira Cerqueira, contou que ao entrar em contato com a prefeitura, para conseguir uma vaga para enterrar o irmão, foi informada que só havia disponibilidade para Paripe Pirajá. A família mora em Sussuarana, que fica mais distante de Paripe, e por isso, dona Ivonira optou por fazer o enterro em Parajá, mas só havia vaga para a segunda feira 1º de outubro.

Eu não durmo, minha mãe com 81 anos, também não dorme.

A Secretaria Municipal de Ordem Pública, responsável pelo serviço, disse que o enterro de seu Antônio, foi remarcado para domingo dia (30), também no cemitério de Pirajá.

A secretaria afirmou ainda que ofereceu a opção do sepultamento ser feito neste sábado , e também o serviço de cremação, mas a família não aceitou.

G I - Bahia.

Nenhum comentário: