segunda-feira, 26 de novembro de 2018

ACUSADO DE ASSALTO A UM ÔNIBUS DE ESTUDANTES DE BARAÚNA NO RN É PRESO PELA POLÍCIA MILITAR.


Os sete aparelhos celular tomados de assalto, dos estudantes, e a arma de fogo utilizada ficaram com o meu comparsa disse Jefferson ao delegado titular da Defur.

Durante a manhã desta segunda-feira, 26 de novembro de 2018, uma dupla  de criminosos em uma  motocicleta roubada no domingo (25), interceptou e  praticou um assalto em um ônibus de estudantes da cidade de Baraúna, quando se deslocava para a cidade de Mossoró no Oeste do Estado do Rio Grande do Norte. Sete aparelhos celular foram tomados de assalto.
Durante a ação criminosa,  um cidadão que presenciou o roubo, efetuou disparos de arma de fogo em direção a dupla, atingindo um dos indivíduos, mas mesmo assim, os dois conseguiram se evadir do local na motocicleta.

O CIOSP foi informado via 190, e enviou uma guarnição policial ao local. Diligências foram realizadas nas proximidades da Comunidade da Barrinha, na RN 015 onde ocorreu o roubo, e  nas comunidades adjacentes, mas sem êxito.

No inicio da tarde a Rádio Patrulha 232 dos Abolições, composta pelos soldados Mitre e Ediéverton, com apoio da VTR do Sargento Alberto, Fiscal de Operações do 2º Batalhão de Policia Militar, comandado pelo Major Maximiliano Fernandes, realizavam patrulhamento de rotina pela Estrada da Granja, quando se depararam com dois suspeitos com as mesmas características do roubo na Barrinha. A dupla também visualizou a viatura policial, tentou se evadir, mas um dos indivíduos de nome JEFFERSON FERNANDES MORAES DE OLIVEIRA, não obteve êxito na fuga, e terminou detido pelos policiais. O comparsa dele, identificado até o momento como RAMON conseguiu fugir.
Jefferson com ferimento de arma de fogo no ombro esquerdo foi conduzido para  o Hospital Regional Tarcísio  Maia, onde recebeu atendimento médico, e em seguida, foi encaminhado para a Delegacia Especializada em Furtos e Roubos “DEFUR” de Mossoró, onde confessando ter participado do roubo, mencionando  ao delegado, a identificação do comparsa, como sendo Ramon. Ele disse também , que os produtos do roubo, e a arma utilizada ficaram com Ramon.
Jefferson  foi autuado por infração ao artigo 157 do Código Penal Brasileiro, roubo, sendo encaminhado ao sistema prisional, ficando a disposição da justiça.

Nenhum comentário: