segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

CABO DA RESERVA DA POLÍCIA MILITAR MORRE NO HOSPITAL REGIONAL TARCÍSIO MAIA VÍTIMA DE DISPAROS DE ARMA DE FOGO NA CIDADE DE MOSSORÓ NO RN.

Tentou impedir que um casal fosse assaltado e terminou sendo morto a tiros pelos assaltantes.
Lamentável.

Um cabo da Polícia Militar, que estava aposentado, morreu em um dos leitos do Hospital Regional Tarcísio Maia, na cidade de Mossoró no estado do Rio Grande do Norte, vítima de disparos de arma de fogo, fato ocorrido durante a noite de domingo, 13 de janeiro de 2.019, por volta das 23hs.30m.

De acordo com policiais que atenderam à ocorrência, o Cabo da reserva remunerada, de nome Cícero Melo Germiniano, que tinha 55 anos de idade, se encontrava em uma churrascaria no populoso bairro Santo Antônio, quando percebeu dois indivíduos em uma motocicleta tentando assaltar um casal que chegava de moto a churrascaria.

O condutor da motocicleta conseguiu  se livrar da ação criminosa, deixando o local desenvolvendo alta velocidade. O policial, de posse de uma arma de fogo, passou a efetuar disparos contra os dois assaltantes, que revidaram atingindo o cabo por três vezes,  fugindo em seguida.

Gravemente ferido, o policial foi conduzido por populares para a (UPA) Unidade de Pronto atendimento do referido bairro, sendo transferido logo em seguida para o Hospital Tarcísio Maia, onde veio a óbito, não resistindo a gravidade dos ferimentos provocados pelo projetil de arma de fogo.

Informações que a polícia já identificou um dos criminosos, que poderá ser preso a qualquer momento, e apontar o nome do comparsa.

A cidade de Mossoró passando a contabilizar neste início de ano de 2.019 o oitavo crime de homicídio em apenas treze dias.

Lamentável.


Nenhum comentário: