sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

ACUSADOS DA PRÁTICA DE ROUBO SÃO PRESOS PELA POLÍCIA MILITAR NA CIDADE DE MOSSORÓ NO RN.


Por volta das 08h30min, da manhã desta sexta-feira, 25 de janeiro de 2019, policiais militares da VTR/ROCAM do 12º Batalhão de Policia Militar, realizavam patrulhamento na região do Jardim das Palmeiras, quando foram cientificados via rádio pelo CIOSP, de que dois indivíduos em uma motocicleta Honda/Bros de cor vermelha, placa OWF 4785, teriam tomado de assalto, uma Honda/Biz de cor vermelha, placa MZL 0769, em uma estrada carroçável que liga os bairros Malvinas e o Conjunto Habitacional Geraldo Melo, na cidade de Mossoró no Estado do Rio Grande do Norte.
Os policiais seguiram em direção ao local do roubo, quando visualizaram dois indivíduos com as mesmas características informadas pelo CIOSP.  Os dois foram abordados, e reconhecidos  como sendo os acusados do roubo. Foram identificados como sendo MAX WILIAM SOARES DE OLIVEIRA, e o garupa um adolescente. Uma arma de fogo do tipo revolver calibre 32 com 04 munições intactas, foi encontrada com a dupla. Na consulta pela placa do veículo, junto ao CIOSP, foi constatado se tratar de um veículo com  registro de roubo.
 
Ao serem indagados pelos policiais sobre a Honda/Biz roubada, os acusado disseram que estava guardada em uma residência, situada na Rua Professor Aderson Araújo no bairro Malvinas.  A polícia se dirigiu à residência informada, pertencente à pessoa de ANTONIO ALLIFY AQUINO RODRIGUES, e lá encontraram a referida moto Biz roubada estacionada em frente a casa. Os policiais ainda encontraram dentro de um veículo tipo Monza a chave da Biz roubada, como também no interior da residência alguns documentos pessoas das vitimas, Diante dos fatos ALLIFY recebeu voz de prisão. A namorada dele que estava no local,  também foi conduzida para a delegacia de Furtos e Roubo.
Na Defur, foi autuado em flagrante delido MAX WILIAM e ANTONIO ALLIFY.  O adolescente, foi levado à presença da autoridade policial da Delegacia Especializada em Apoio ao Menor Infrator, para os procedimentos cabíveis e legais dentro do Estatuto da Criança e do Adolescente. ECA.


Nenhum comentário: