quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

BEBÊ DE 11 MESES É ATINGIDO COM UMA FORTE PEDRADA NA CABEÇA ARREMESSADA POR UM MÉDICO DURANTE UMA BRIGA DELE COM O PAI DA CRIANÇA.

Exames constataram que o bebê teve traumatismo.
Uma acirrada discussão entre um médico e um  operário,  fato ocorrido na noite de terça feira, 19 de fevereiro de 2019, na cidade de Crato, região do Cariri no estado do Ceará, terminou sobrando para um bebê de 11 meses de idade, filho do operário. O homem foi a residência do médico, que também é empresário, cobrar uma dívida relacionada a um serviço realizado pelo por ele para o médico.

Quando da cobrança, o homem estava acompanhada do esposa que trazia nos braços, bebê de 11 meses, filho do casal.

Durante o desentendimento entre o médico e o operário, os dois entraram em luta corporal. O médico se apoderou de um pedaço de madeira, momento em que o operário o feriu utilizando  um canivete.

Desesperada com a situação, a mulher tentou intervir na briga, com o objetivo de acalmá-los, e nesse momento o médico jogou uma pedra em direção à ela, que terminou atingindo a criança justamente na cabeça.

Em seguida o operário teria sido atingido com uma paulada, e um choque elétrico a laser. O bebê e o pai dele, foram conduzidos para uma unidade de saúde em Barbalha, onde foi constatado através de exame, que a criança teve traumatismo na cabeça provocado pela pedrada.

O delegado de Crato, instaurou o inquérito policial, para apurar o caso. Informações que o médico ainda não teria se apresentado na delegacia para prestar depoimento.

Fonte - G I - Ceará.
Redação - Ferreira Monte.

Nenhum comentário: