domingo, 24 de fevereiro de 2019

VIOLÊNCIA SEM FIM. DONA DE MADEIREIRA É MORTO A TIROS NO CONJUNTO ABOLIÇÃO III NA CIDADE DE MOSSORÓ NO RN POSSIVELMENTE AO TENTAR REAGIR A UM ASSALTO.

O dono de uma madeireira denominada situada no Conjunto Habitacional Abolição III na cidade de Mossoró, no estado do Rio Grande do Norte, foi morto a tiros, efetuados por indivíduos não identificados, fato ocorrido durante a madrugada deste domingo, por volta das 2:hs, no interior da residência dele, ao tentar de acordo com as primeiras informações, reagir a um assalto.

A Polícia Civil, Polícia  Militar que estiveram no local do crime, informaram que a vítima, de nome Joaquim Abrantes Fernandes, que tinha 48 anos de idade, teria ouvido um baralho na porta da cazinha da residência, e imaginou se tratar do cachorro dele, que estaria querendo ser colocado pra dentro de casa, pois estava chovendo.

Ao abrir a porta, o comerciante se deparou com indivíduos, não se sabe quantos, e teria tentado reagir, pois mantinha uma arma de fogo em casa, segundo o delegado Teixeira Júnior da Delegacia de Plantão, e terminou sendo alvejado com um tiro no peito efetuado pelos indivíduos, certamente assaltantes, vindo a óbito no local.

Os criminosos, segundo o delgado, fugiu levando a arma do comerciante. A família entrou em desespero, a Polícia Militar foi acionada, a Polícia Civil, e o Itep, que fez a perícia, e a remoção do corpo para a sede do órgão, para ser examinado pelo médico legista de plantão, e entregue aos familiares para o sepultamento.

Lamentável.
Fonte - Fim da Linha.
Foto - Arquivo pessoal.

Nenhum comentário: