sábado, 30 de março de 2019

HOMEM MATA O PRÓPRIO FILHO DE APENAS TRÊS MESES DE NASCIDO INCOMODADO COM O CONSTANTE CHORO DO BEBÊ.



Lençol encontrado pela polícia no local do crime com manchas de sangue.

Polícia Civil fez reconstituição do crime. Criança sofreu joelhadas.
"Gente, estou aqui para anunciar uma perda inestimável. Eu, e minha esposa, estamos muito tristes nesta quarta feira, (27) porque com apenas três 03 meses de vida, perdi meu filho, que faleceu esta manhã em Andradas, com uma parada cardíaca." Mensagem de Alexandre Montonholi pai do bebê.

"Hoje o dia amanheceu triste. Acabei de perder meu Filho"  Mensagem de Ana Caroline, mãe do bebê.

Essas mensagens, foram postadas em redes sociais, pelo casal Alexandre Montonholli de 23 anos de idade, e a esposa dele, Ana Caroline, de apenas 19 anos de idade, se referindo a morte do primeiro filho do casal, Yogo Lourenço, de apenas 03 meses de idade, fato ocorrido na quarta feira (27) de março do corrente ano, na cidade de Andradas, no estado de Minas Gerais.

O bebê que sofreu  uma parada cardíaca,  chegou a ser socorrido para uma unidade de saúde, onde os médicos que o atenderam, constataram sinais de violência no corpo da criança, e acionaram a polícia, que prendeu o casal, e o levou para a delegacia de Polícia Civil.

Alexandre Montonholli, acabou confessando que num momento de estresse, motivado pelo choro constante do bebê, arremessou a criança contra o sofá, vindo a bater com a cabeça no braço do móvel, o que provocou traumatismo craniano no bebê.

O exame cadavérico também constatou que a criança teve quatro costelas quebradas ao ser espancada. A mulher de Alexandre, também foi presa por proteger o marido, ao tentar encobrir o bárbaro crime.

O revoltante fato, foi esclarecido pela Polícia Civil de Andradas na sexta feira (29).

Fonte - Jornal de Andradas.
Redação - Ferreira Monte.

Nenhum comentário: