sexta-feira, 12 de abril de 2019

ASSALTANTES SÃO BALEADOS E PRESOS PELA POLÍCIA MILITAR DURANTE TROCA DE TIROS NA CIDADE DE MOSSORÓ NO RN.





Na noite de quinta-feira, 11 de abril de 2019, por volta das 21hs45min, policiais militares lotados no 2º Batalhão, com sede na cidade de Mossoró no RN, receberam determinação do CIOSP para atender uma ocorrência de roubo em uma residência situada na Rua Manoel Benício nas proximidades do SAMU no populoso bairro Santo Antônio.

A vítima relatou aos policiais,  ter sido abordada na calçada de casa, forçada a entrar. No interior da residência, os assaltantes tentaram levar os televisores, mas como estavam parafusados na parede, não conseguiram. O esposo da vítima,  que se encontrava no cômodo superior da casa, conseguiu acionar a policia. A mulher foi feita de refém, colocada no próprio veículo tipo Fox de cor prata, mas em seguida foi logo liberada pelos indivíduos que levaram o celular dela, e fugiram em um carro Hyundai/HB-20 de cor prata, placas QGN 4715 com registro de roubo que dava suporte aos elementos.

Com as características do veículo, os militares deram inicio as diligências no intuito de localizar e prender o quarteto criminoso, obtendo êxito ao se depararam como eles na Rua Delfim Moreira.

A ordem de parada dada pelos policiais não foi atendida pelos assaltantes, que saíram em alta velocidade. Durante a perseguição, os indivíduos perderam o controle do veículo, e colidiram com uma calçada.

O veículo foi abandonado pelos meliantes, que tentaram escapar da ação policial a pé, atirando em direção aos policiais. Houve revide, e dois dos elementos foram baleados, e socorridos pela própria polícia, para o Hospital Regional Tarcísio Maia. Um deles foi preso no local. Os dois baleados, foram socorridos pela própria polícia, para o Hospital Regional Tarcísio Maia, onde receberam atendimento no setor de urgência emergência daquela unidade hospitalar, e logo depois, foram conduzidos para a Delegacia de Plantão, para serem atuados de acordo com a lei, pelo delegado platonista, no caso o Dr. Roberto Moura. 

Dois deles eram menor. O maior foi identificado como sendo Adson Daniel Dantas da Silva de 19 anos de idade.

Nenhum comentário: